top of page

Principais cuidados na gestão de estoque para o seu e-commerce

Atualizado: 14 de set. de 2022

O controle de estoque é de extrema importância, pois ela é a atividade responsável por monitorar o fluxo de produtos de uma empresa. O principal objetivo é garantir quantidades suficientes para atender a demanda de vendas, sem gerar excessos que possam causar prejuízos ou venda de produtos que estão fora do estoque.

Com isso em mente nós trouxemos para você algumas dicas de cuidados que você deve ter na hora de fazer a gestão do seu estoque.



Padronização no cadastro dos itens


O primeiro passo para garantir um bom controle e planejamento de estoque na sua empresa é criar um padrão de cadastro para os seus produtos, o ideal é criar somente um código e uma descrição para cada produto.

Dessa forma evita que tenha vendas de produtos fora do estoque, isso também ajuda bastante na localização e na organização dos produtos.


Registro de todas as entradas e saídas


Outro ponto importante para um bom planejamento e controle de estoque é o registro de todas as movimentações que acontecem dentro do estoque. Informações a respeito do lançamento de entradas e saídas vão servir também como base para a criação de análises importantes e as tomadas de decisões.

Um bom exemplo disso é a identificação da movimentação dos produtos, ou seja o quanto é feito a reposição daquele produto, saber o quanto ele é vendido. É importante que em casos de trocas e devoluções você também registre devidamente aquele produto, para assim evitar futuros problemas que podem aparecer.


Padronização do armazenamento


Assim como o registro dos produtos, é ideal padronizar a forma como eles são armazenados. Isso quer dizer, criar uma organização dentro do estoque para que seja mais fácil encontrar aquele produto desejado. Um bom método para facilitar a localização dos produtos é, colocar aqueles mais vendidos na altura dos olhos, enquanto aqueles com menor taxa de saída podem ser colocados em locais mais elevados.


Otimização do espaço disponível


Otimizar aqueles espaços disponíveis também é uma ótima forma de saber a disponibilidade de cada produto, ao mesmo tempo em que você consegue aproveitar melhor a estrutura do seu estoque. Um bom investimento é adotar o uso de prateleiras verticais, pois elas permitem organizar vários produtos sem que tenha que utilizar uma área muito grande.

Com um espaço bem mais organizado e planejado, torna- se muito fácil realizar os inventários de materiais, visto que se deixa de perder tempo procurando mercadorias.


Elaboração de análises


Análises são sempre grandes aliadas a uma boa gestão. Pois são elas que permitem compreender e definir as melhores ações e elaborar novas estratégias. Uma delas é a previsão de demanda, que consiste na elaboração de estimativas de vendas para as próximas vendas, com base no histórico de movimentação e no comportamento dos seus clientes.

Acompanhar o giro do estoque também é fundamental para garantir um bom planejamento e controle de estoque, informações como as citadas anteriormente indicam qual o tempo médio de reposição dos itens, ou seja torna se possível saber qual a frequência em que esses produtos devem ser repostos, de forma a evitar a falta dele no estoque.


Realização de inventários periódicos


Os inventários conhecidos também como, balanço de estoque, são atividades realizadas de tempos em tempos, em que se faz a contagem dos itens disponíveis no estoque com o intuito de verificar se as quantidades disponíveis são coerentes com as informações disponíveis nos controles. Para se ter um resultado ainda melhor, o ideal é que se faça essa atividade periodicamente, porém com uma proporção menor. Uma opção é fazer o inventário de uma área do estoque a cada mês, com a frequência a ser definida de acordo com a necessidade do estoque.


bottom of page