top of page

Realidade Aumentada no e-commerce: como aplicar essa tecnologia?

A tecnologia da Realidade Aumentada (RA) está cada vez mais presente em nosso cotidiano, revolucionando a forma como interagimos com o mundo digital. Uma das áreas que têm se beneficiado enormemente desse avanço é o comércio eletrônico, ou e-commerce. A incorporação da Realidade Aumentada no e-commerce tem permitido aos consumidores uma experiência de compra mais imersiva e interativa, além de trazer benefícios significativos para os varejistas.

Mas antes de saber como aplicar essa tecnologia no e-commerce é importante entender o que ela é.


Trata-se de uma tecnologia que mescla o mundo virtual ao mundo real, sobrepondo informações digitais, como imagens, vídeos ou animações, em um ambiente real através de dispositivos tecnológicos, como smartphones ou óculos de realidade aumentada. No contexto do e-commerce, a realidade aumentada permite que os consumidores visualizem produtos virtuais em seu ambiente físico, por exemplo, experimentando roupas, testando maquiagens ou até mesmo visualizando móveis em sua sala de estar antes de efetuar a compra.



Uma das principais vantagens da Realidade Aumentada no e-commerce é a capacidade de proporcionar uma experiência de compra mais imersiva. Os consumidores podem explorar detalhes dos produtos de forma interativa, visualizando-os em diferentes ângulos, tamanhos e cores. Isso cria uma conexão mais próxima com o produto, reduzindo a incerteza e aumentando a confiança na compra. Além disso, a realidade aumentada ajuda a superar as limitações físicas do e-commerce, uma vez

que os consumidores podem ter uma ideia mais precisa do tamanho, escala

e proporção do produto antes de finalizar a compra.



Ao aplicar a Realidade Aumentada no e-commerce, é importante considerar alguns aspectos-chave. Em primeiro lugar, é essencial garantir que a experiência de RA seja intuitiva e de fácil uso para os consumidores. A interface deve ser amigável e os recursos de RA devem ser acessíveis mesmo para aqueles que não estão familiarizados com a tecnologia. Além disso, é fundamental investir em conteúdo de alta qualidade, como imagens e modelos 3D realistas, para proporcionar uma experiência envolvente e confiável.



Por fim, é essencial medir os resultados e o impacto da Realidade Aumentada no e-commerce. Acompanhar métricas como taxas de conversão, tempo de permanência no site e feedback dos consumidores pode fornecer insights valiosos para ajustar e aprimorar a implementação da tecnologia. A Realidade Aumentada tem o potencial de transformar a forma como os consumidores interagem e compram produtos online. Ao incorporar a tecnologia de realidade aumentada no e-commerce, os varejistas podem oferecer uma experiência de compra mais imersiva e interativa, aumentando a confiança e a satisfação do cliente.




Texto por, Gabriela Pacheco

bottom of page