top of page

Seu E-commerce não é um concorrente do seu vendedor

Nos últimos anos, presenciamos um aumento significativo no comércio eletrônico, com mais pessoas optando por fazer suas compras online. Enquanto isso, os vendedores tradicionais têm se adaptado a essa nova realidade. No entanto, é importante ressaltar que o e-commerce e os vendedores físicos não devem ser vistos como concorrentes, mas como parceiros estratégicos.

Neste post, vamos explorar a importância de trabalhar em sinergia entre o seu e-commerce e a equipe de vendas, a fim de impulsionar as vendas e fortalecer sua presença no mercado.


Complementariedade, não competição:

Em vez de enxergar o e-commerce como um concorrente direto dos vendedores físicos, é fundamental compreender a complementariedade desses dois canais de vendas. O e-commerce oferece uma conveniência excepcional, permitindo que os clientes comprem a qualquer hora e de qualquer lugar. Por outro lado, os vendedores físicos têm a habilidade única de fornecer um atendimento personalizado, tirar dúvidas e criar conexões emocionais com os clientes. Reconhecer e aproveitar essas diferenças é crucial para otimizar os resultados.


Integração de canais:

Uma estratégia eficaz para maximizar os benefícios desses dois canais é a integração de canais. Utilizar tecnologias que permitam a sincronização de estoque, preços e informações de produtos em tempo real é fundamental. Isso garante que os clientes tenham uma experiência consistente, independentemente do canal de compra escolhido. Além disso, a equipe de vendas pode ser treinada para promover o e-commerce durante suas interações com os clientes, destacando as vantagens e a conveniência da compra online.


Upselling e Cross-selling:

Uma das principais vantagens de combinar o e-commerce e os vendedores é a oportunidade de utilizar estratégias de upselling e cross-selling. Por meio do e-commerce, é possível recomendar produtos complementares ou de maior valor para os clientes, aumentando o valor médio do pedido. Ao mesmo tempo, os vendedores físicos podem aproveitar seu conhecimento e habilidades de persuasão para apresentar produtos adicionais aos clientes durante o processo de venda presencial. Essa abordagem conjunta amplia as possibilidades de aumentar o ticket médio e impulsionar as vendas.


Atendimento ao cliente diferenciado:

Embora o e-commerce proporcione praticidade, rapidez e conveniência, ainda existem situações em que os clientes buscam um atendimento mais personalizado. É nesse momento que os vendedores físicos desempenham um papel essencial. Eles podem fornecer orientação especializada, esclarecer dúvidas e oferecer um atendimento ao cliente de alta qualidade. Essa interação humana é valorizada por muitos consumidores e pode ser um diferencial importante para sua empresa.


Seu e-commerce e sua equipe de vendas físicas não devem ser vistos como concorrentes, mas sim como partes integrantes de uma estratégia de vendas mais ampla.

bottom of page